Agrupamento de Escolas de Arga e Lima

1 | 2 | 3 | 4

Mensagem do Diretor

Dignificar a educação, um permanente combate!

Contam-se quase 25 anos, mais concretamente em meados de agosto de 1990, que aceitei presidir à comissão executiva instaladora da C+S de Lanheses, um desafio de alto risco, carregado de incertezas, em contextos difíceis de entender face às paixões e alinhamentos gerados na época.

As expetativas eram elevadas, falhar não estava sequer nas nossas mais comezinhas preocupações.

Havia o compromisso do arranque da escola, em finais de setembro, mas apenas com cerca de uma dezena de salas de aula disponíveis, tudo o demais eram paredes ao alto e terra batida, fustigadas ainda por um longo e chuvoso inverno, dificultando ainda mais a vida escolar a esta comunidade que, carregada de uma nova esperança, se ia adaptando às novas realidades. Estas realidades tão adversas e prenhes de dificuldades, tão convidativas e justificativas para a desistência, funcionaram como um tónico eficaz para a congregação de esforços, para a partilha, para a construção dum verdadeiro espírito de equipa, muito empenhada na procura duma educação/ensino diferente e melhor Foi um ano memorável pelas inúmeras dificuldades que dia após dia se iam vencendo e ultrapassando graças à mobilização do muito querer e da vontade duma comunidade que deixou marcas tão significativas e fundamentais que ainda hoje se afirmam no modus vivendi desta vasta área educativa - quem não se recorda do refeitório improvisado no restaurante D. Lúcia, da movimentação de terras nos espaços destinados a jardins e parque arbóreo, com o apoio da autarquia e muito em particular da empresa Grenho, da passadeira de tábuas soltas que se estendia do portão à entrada do edifício, dos grupos de pais/encarregados de educação que granjearam e embelezaram os amplos espaços verdes, do envolvimento dos nossos alunos, professores e funcionários nos tantos projetos que por sermos tão poucos nunca esmorecemos nem viramos a cara à luta e concretizámo-los. A todos vós com humildade nossa imensa gratidão pela obra que sabiamente souberam construir. Sempre acreditando que o caminho se faz caminhando e que para sermos respeitados teremos que saber respeitar, a C+S foi-se alicerçando nestes princípios que a curto prazo começaram a dar bons frutos, a ganhar credibilidade e respeitabilidade, trabalhando e desenvolvendo um ideário assente na cultura das relações humanas; que felizmente se tem consolidado até aos dias de hoje.

Firme no propósito da prestação dum bom serviço público a escola C+S, de imediato, procurou abrir-se à comunidade, criando o ensino noturno, que durante tantos anos diplomou centenas de adultos. Volvidos quatro anos, mais um facto marcante aconteceu, criação do ensino secundário e que tão boa nota tem dado ao longo dos tempos.

Face ao aumento significativo da população escolar, às novas valências curriculares, ao cumprimento da escolaridade obrigatória, as instalações, apesar de recentes, começaram a ser escassas e tornou-se necessário construir duas salas pré-fabricadas em tempo recorde, construir laboratórios e sensibilizar o ministério para a necessidade da ampliação e requalificação do edifício, o que veio a acontecer em 2007 - a obra aí está, olhá-la com intenção educativa valerá muito mais do que descrevê-la com milhares de palavras, toda a comunidade se sentirá honrada e gratificada compreendendo que todo o apoio que vem sendo dado não tem sido em vão - associações de estudantes, representantes dos alunos por freguesia, associação e representantes de pais/encarregados de educação, autarquias limianas e vianense, associações culturais e desportivas e tantos outros parceiros.

É inegável que ao longo deste quarto de século nem tudo foram rosas havendo momentos de alguma preocupação e até situações de angústia que a educação, no geral, ao longo dos tempos tem vivenciado. Porém a marca identitária das relações humanas estiveram sempre e continuam a estar na primeira linha das prioridades da Escola/Agrupamento, onde a inclusão e o espírito de pertença emergem de forma tão natural. À laia de conclusão poderei afirmar que me sinto imensamente gratificado pela forma como milhares de cidadãos e cidadãs, uns muito jovens outros já adultos desde a primeira hora têm contribuído para o bom nome e reputação desta pública instituição escolar, de forma que ao folhearmos as páginas da sua história, em muitas delas ficamos tão prisioneiros que não nos cansam de memorizar os factos - Daí a crença de 25 anos a criar futuros.

AGOSTINHO GOMES

Diretor

Retirado da Revista "Ensino, Emoção e Alma" - Março de 2015 - Comemoração dos 25 anos

Calendário

outubro 2018
D Sb
1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31

Estatísticas do Agrupamento

Visitas

Hoje 29

Ontem 83

Semana 29

Mês 2056

Tudo 21137

Onde Estamos

O Tempo

logo25anos

1 trans CFCVC

LogoEco Escolas 360px

2020

Please publish modules in offcanvas position.

Free Joomla! template by L.THEME